26 de dezembro de 2011

Nós também apoiamos Marcos Dias!

A Parto do Princípio está participando de uma ação nacional em apoio ao obstetra carioca Marcos Dias. Ele está sendo punido pelo Conselho Regional de Medicina do Rio de Janeiro (CREMERJ) e Conselho federal de Medicina (CFM) por ser ideologicamente favorável às casas de parto. CREMERJ e CFM são contra estas instituições onde enfermeiras obstétricas também realizam a assistência ao parto.
Em 2004, Marcos assinou um documento atestando o óbito de um bebê que nasceu morto por patologia pré-existente, sendo o parto assistido em uma Casa de Parto no Rio de Janeiro. O CREMERJ abriu processo para cassar o registro médico de Marcos, e o obstetra recorreu ao CFM. Foram seis anos de processo, até que no último mês de novembro, o CFM considerou a cassação do registro uma pena excessiva, condenando Marcos a uma censura pública que será publicada em jornal de grande circulação no Rio de Janeiro.
Em resposta, foi produzida uma carta de elogio por iniciativa da REHUNA e assinada por diversas entidades. Após arrecadarmos doações de muitos simpatizantes do movimento, nosso Elogio Público será publicado no mesmo jornal.
Aqui segue a nossa Carta de Apoio a Marcos Dias, a qual, nós, mulheres da Parto do Princípio, endossamos:

ELOGIO PÚBLICO

A coalisão de entidades abaixo relacionadas, amigos, companheiros de trabalho, ex-pacientes e clientes atuais, mulheres e suas famílias vimos a público manifestar nosso apreço e admiração pela trajetória profissional no âmbito da assistência, pública e privada, do ensino e da pesquisa do Médico ObstetraDR. MARCOS AUGUSTO BASTOS DIAS, trajetória essa pautada pela ética e pelo compromisso com a qualidade da atenção e dedicação à saúde das mulheres e crianças.  Elogiamos ainda sua disponibilidade para trabalhar em equipe, sua competência técnica e atitude humana, e seu empenho na implementação das políticas públicas, a exemplo da implantação de novos espaços mais humanizados para assistência ao parto, como os Centros de Parto Normal, política emanada pelo Ministério da Saúde através da portaria GM 985/1999, referendada pela RDC 36/2008 da ANVISA e um dos esteios da atual Estratégia Rede Cegonha.

Associação Brasileira de Saúde Coletiva – ABRASCO
Associação Brasileira de Obstetrizes e Enfermeiros Obstetras – ABENFO
Rede pela Humanização do Parto e Nascimento – ReHuNa
Parto do Princípio – PP
Rede Feminista de Saúde, Direitos Sexuais e Direitos Reprodutivos- Rede Saúde 
Red LatinoAmericana y del Caribe por la Humanización del Parto y Nacimiento – Relacahupan 
Amigas do Parto
Amigas do Peito
International Breastfeeding Action Network – Ibfan |Brasil
Associação Paulista de Saúde Pública – APSP
Conselho de Saúde
Confederação de Mulheres do Brasil
Movimento de Mulheres de Realengo
Articulaçao de Mulheres do Brasil
Associação Nacional de Doulas- ANDO


O texto redigido pelo Marcos explicando tudo com detalhes está em: http://www.facebook.com/pages/Apoio-ao-Marcos-Dias/157690494338227?sk=info

Você pode participar da ação, através do Facebook, na página "Apoio ao Marcos Dias".
A página está em: http://www.facebook.com/pages/Apoio-ao-Marcos-Dias/157690494338227. Você pode colaborar curtindo a página, comentando e convidando seus amigos a comentar, pode compartilhar no seu mural (coluna da esquerda lá embaixo, há essa opção), e ainda pode fazer doações individuais ou coletivas para a publicação da carta (entrar em contato com rehuna@rehuna.org.br).

0 comentários: