17 de outubro de 2010

Um parto no Twitter.

Texto em português de Portugal.

A britânica Fi Star-Stone, 34 anos, levou ao extremo a capacidade das mulheres de fazer várias coisas ao mesmo tempo. Enquanto estava em trabalho de parto, foi deixando actualizações na rede social Twitter sobre a evolução dos acontecimentos e sobre as suas emoções.
O nascimento de Oscar, o seu segundo filho, aconteceu em casa, numa piscina adequada, passadas 13 horas de trabalho de parto.
Durante esse tempo, Fi foi informando centenas de seguidores no Twitter através do seu iphone. O objectivo, declarou ao Daily Mail, era mostrar «o lado positivo do parto e mostrar que pode ser assim, sem anestesias e deixando mensagens no Twitter o tempo todo».
Fi foi recebendo centenas de mensagens de apoio. Diz que a ajudaram e que foi uma experiência fantástica.
O seu primeiro post, às três horas da madrugada rezava assim: «Aqui vamos, queridos! As contracções começaram às 2h30! O bebé decidiu que quer vir à festa do primeiro aniversário da irmã, no Sábado!»
Às 5h: «Olá queridos! O meu marido acha que sou doida por estar no twitter, mas ajuda-me entre as contracções. Vou continuar enquanto conseguir. Muita dor...»
Pouco depois do meio-dia: «O último tweet antes do nascimento: continuo forte, meus queridos. Continuo sem anestesia!»
E 20 minutos depois do nascimento: «Apresento-vos Oscar John Michael Victor Stone. Obrigada por todo o vosso apoio. Estou de rastos e dorida, mas sou a mãe mais feliz do planeta.»

0 comentários: