12 de outubro de 2010

Hospitais equatorianos se adaptam para que mães possam dar à luz em pé.

Quito, 5 out (EFE).- No Equador, mais de 2,4 milhões de indígenas preferem parir seus filhos em pé, em um ambiente tranquilo e ambientado com ervas medicinais.

A indígena equatoriana Cristina Lema quis dar à luz ao seu filho de pé, como também fizeram sua mãe, avó e bisavó. Ela conta que esse parto doeu menos e foi mais rápido que os outros.
Atualmente dois hospitais do Equador estão preparados para fazer partos de acordo com a cultura indígena. As salas para os "partos ancestrais" como são chamados recriam um quarto indígena, com paredes de madeira, teto baixo, luz natural, barras nas paredes e cordas penduradas no teto para que as mães possam se agarrar durante o trabalho de parto.

Fonte: http://www.google.com/hostednews/epa/article/ALeqM5jRx80645nef5DiNNwbf7HeiboLRQ?docId=1378675

0 comentários: