24 de outubro de 2010

Brasil é destaque nas discussões da ONU.

O balanço dos avanços registrados pelo Brasil nos últimos anos foi apresentado nas Nações Unidas. Pelo menos 27,3 milhões de brasileiros saíram da faixa da pobreza extrema, no período de 1990 a 2008. De 1997 a 2005, houve uma redução de 12,7% no número de mulheres que morrem no parto. Em 2005, a taxa de mortalidade era de 54,4 em cada mil partos, contra 61,2 em 1997.
Também aumentou o número de gestantes que têm assistência médica. Em 1996, 6,3% das grávidas declararam que não tiveram acompanhamento médico na gestação, enquanto em 2007 o percentual caiu para 1,9%. No período de 1990 a 2008, o número de crianças e adolescentes mortos no país diminuiu em 58%.

0 comentários: