3 de agosto de 2010

Vereadores de Iporá se preocupam com a saúde da população.

No dia 14 de junho de 2010, os vereadores de Iporá encabeçados por Wesley Barros e Devaci Dias, entregaram um ofício para representantes do excelentíssimo senhor, José Gomes Temporão, Ministro de Estado da Saúde, solicitando uma UTI (Unidade de Tratamento Intensivo) Neonatal contendo 06 (seis) leitos, e UTI (Unidade de Terapia Intensiva), contendo 06 (Seis) leitos adultos, ambos para o Hospital Municipal de Iporá, para atender as emergências do município, uma vez que a cidade de Iporá não encontra este tipo de atendimento hospitalar, tanto no Hospital Público quanto nos particulares, e ressalta ainda que há sempre casos que necessite do uso de UTI, mas que são encaminhados com urgência pra a cidade de Goiânia, correndo risco de morte.
Ressaltaram ainda que a aquisição destes equipamentos seja de grande valia para a população que necessita urgentemente de melhorias na área da saúde

UTI NEONATAL
A UTI Neonatal é um setor que deve atender os recém-nascidos com assistência humanizada e de qualidade, com equipamentos específicos,recursos humanos especializados e serviço médico e de enfermagem 24 horas.
A hora do nascimento de um filho é motivo de grande alegria para a maioria dos pais. Foram nove meses de espera para conhecer o rostinho do mais novo membro da família. Mas nem sempre é assim. O nascimento prematuro de uma criança é frustrante e angustiante para os pais que tem alta do hospital, mas deixam seus filhos internados em Unidade de Terapia Intensiva Neonatal (UTI Neo).
A cada 100 partos, 10 são prematuros, isto é, ocorrem antes da 37ª semana de gestação. As causas principais de parto prematuro são ruptura da bolsa (40% dos casos), contrações precoces, normalmente desencadeadas por infecções e hipertensão.
Mulheres que já tiveram parto prematuro, dois ou mais abortos durante o segundo trimestre da gravidez, apresentam algum problema uterino, como miomas. Mães que abusam do consumo de álcool ou drogas também estão no grupo de risco. Porém, aproximadamente 50% das mulheres que têm parto prematuro não apresentam fatores de risco identificáveis.
Frágil, o bebê já começa a vida com risco de morte. Logo de início, o bebê pode ir para a incubadora, “ganhar” um tubo na boca para respirar e uma sonda também na boca ou no umbigo para se alimentar.
O papel dos pais é de estar do lado do seu filho e lutar com ele. Não é fácil ficar dias, às vezes mais de mês, dentro de um hospital vendo o sofrimento do filho. Por isso é tão importante escolher um hospital que tenha bons recursos tecnológicos e humanos. Nunca se sabe o que pode acontecer durante a gestação, mesmo fazendo um bom pré-natal. E é isso que os vereadores de Iporá quer, que a população tenha saúde e qualidade e meios de acesso a essa qualidade, mas para isso temos que contar com pessoas como o ministro da saúde e outros.

Unidade de terapia intensiva
A unidade de terapia intensiva (UTI) caracteriza-se como "unidade complexa dotada de sistema de monitorização contínua que admite pacientes potencialmente graves ou com descompensação de um ou mais sistemas orgânicos e que com o suporte e tratamento intensivos tenham possibilidade de se recuperar"
A UTI nasceu da necessidade de oferecer suporte avançado de vida a pacientes agudamente doentes que porventura possuam chances de sobreviver, destina-se a internação de pacientes com instabilidade clínica e com potencial de gravidade. É um ambiente de alta complexidade, reservado e único no ambiente hospitalar as que se propõe estabelecer monitorização completa e vigilância 24 horas.
As doenças são inúmeras o que torna muito difícil a compreensão de todas elas. Porém, os mecanismos de mortes são poucos e comuns a todas as doenças. É atuando diretamente nos ditos mecanismos de morte que o médico intensivista tira o paciente de um estado crítico de saúde com perigo iminente de morte, pondo o mesmo em uma condição que possibilite a continuidade do tratamento da doença que o levou a tal estado (doença de base).


Para Pensar: A matéria não deixa claro se os prematuros nasceram de parto normal ou de cesárea. Sabendo que a OMS considera aceitável a taxa de 5% de nascimentos de prematuros, algo me faz pensar se estes bebês nascem prematuros por que nasceram de cesárea (mesmo tendo alguma complicação médica, que poderia ser contronada até que ele avançasse na idade gestacional, nascendo com menor risco), já que o número de prematuros aumentou muito em todo o país por causa da cirurgia. sendo assim, embora seja interessante a UTI Neonatal para os prematuros verdadeiros, penso que seria melhor uma boa campanha pró PN...

0 comentários: