7 de agosto de 2010

Acompanhamento psicológico ajuda mães durante internação.

A atenção psicológica dada às mães que dão entrada no Hospital Materno Infantil Nossa Senhora de Nazareth (HMINSN) tem se tornado um diferencial, já que a equipe multidisciplinar acompanha as gestantes antes, durante e após o parto. A meta é minimizar os transtornos e o medo que normalmente acometem as mulheres numa maternidade. Sendo assim, juntamente com o apoio, principalmente dos pais, as mães têm acompanhamento durante todo o tempo nos leitos.
Logo quando chegam, as grávidas participam de conversas, passam por orientações e aprendem sobre o que fazer para controlar a ansiedade e controlar as contrações. Além disso, são informadas sobre o momento exato do parto que pode demorar algumas horas, já que algumas delas chegam muito antes da dilatação ideal.
No momento do parto, as mulheres aprendem a respirar corretamente, técnicas para suportar as dores e como será o procedimento. Em muitos dos partos, além da equipe composta por médicos (ginecologista e neonatologista), enfermeiros, técnicos, psicólogos, dentre outros, a presença do pai é uma das formas para dar segurança a mãe, já que ele pode acompanhar todo o processo, até o nascimento do filho.
De acordo com a psicóloga Deise Dani, as pacientes recebem um tratamento diferenciado, sendo orientadas e recebendo atenção nesse momento tão especial para as famílias.
Ela explica que em alguns casos, algumas ficam ainda mais nervosas devido à pouca idade ou a primeira gravidez. “Percebemos que com a presença da psicologia e de familiares, a maioria das mães se sente melhor. A técnica respiratória de relaxamento, a relação entre a mãe e o bebê e amamentação são primordiais para futuro da família”, disse a psicóloga.
A estudante Milene Alves, 23, se preparava o nascimento do seu primeiro filho. A jovem disse que estava ansiosa e muito nervosa quando deu entrada na maternidade, mas que depois do trabalho feito pela equipe, ficou mais tranquila e preparada para o parto. “Mesmo sabendo que daqui a pouco vou estar na sala de parto, estou bem e preparada para este momento. As técnicas me ajudam muito e agora é só esperar”, disse Milene, minutos antes de ter o bebê.
Para a diretora da maternidade, Ana Carolina Brito, o auxilio da psicologia antes, durante e após o parto é super importante para as mães. Segundo ela, aos poucos a unidade vai atingindo o índice notório de satisfação por parte dos pacientes. “Com todo este trabalho feito, no momento do parto, os médicos têm menos trabalho, devido à tranquilidade da mãe e se torna mais rápido também”, disse a médica.

0 comentários: