31 de julho de 2010

HDMU realiza parto pioneiro na rede particular.

Humanização na maternidade é uma realidade.

Quando Érica Rodrigues de Oliveira, 27 anos, chegou ao Hospital-Dia e Maternidade Unimed-BH (HDMU), no dia 5 de julho, para dar a luz a sua primeira filha, ela iniciava uma nova fase em sua vida e também na história da nossa unidade. O parto da pequena Yasmin foi o primeiro realizado na rede particular de Belo Horizonte em um quarto chamado de PPP (pré-parto, parto e pós-parto). O que isso significa? É que o espaço foi adaptado para atender as gestantes clientes que querem ter o parto de forma mais natural, cercadas pelos familiares que estiverem no local e, ainda, contando com toda a assistência e segurança da equipe de profissionais da saúde.
O quarto PPP vem para reforçar a filosofia de humanização do HDMU, que tem em seu modelo assistencial a mãe e o bebê como foco principal. No Hospital, a equipe de colaboradores e médicos respeita o desejo da paciente de como ela quer ser assistida. Além disto, o local conta com equipamentos e materiais necessários para qualquer intercorrência e com profissionais capacitados.
A médica cooperada Gisele Cordeiro Maciel, obstetra responsável por este parto pioneiro, explica que o nascimento acontece em quarto privativo, onde a mãe permanece antes, durante e após o parto. “Em todo o processo ela é encorajada a utilizar a bola de Bobat - a mesma utilizada na prática de Pilates, uma escada chamada Ling que serve para aliviar a dor, e a assumir a posição que considerar mais confortável.”
Érica Rodrigues sempre sonhou com um parto com menos intervenções possíveis e com a presença da família e de uma doula (acompanhantes de parto voluntárias). No HDMU, ela encontrou o conforto que procurava. “A experiência foi maravilhosa e recomendo a todas as mães. Não houve intervenções no parto, não precisei tomar anestesia e com a ajuda dos exercícios a dor do parto se assemelhou com uma cólica”, conta a mãe de primeira viagem, aproveitando para agradecer a toda a equipe da maternidade pela acolhida.
Para o Hospital-Dia e Maternidade Unimed-BH, "o melhor desta experiência pioneira é a mãe e o bebê saudáveis, tanto do ponto de vista emocional quanto físico", diz a coordenadora de enfermagem do Hospital, Michele de Faria Álvares. O resultado é Saúde Sempre!

 
Fonte: http://www4.unimedbh.com.br/comum/action/release01.do?idPublicacao=12605

0 comentários: