29 de janeiro de 2010

OMO e o parto.

O OMO decidiu fazer um comercial usando imagens de partos (e a gente da PP soube, por que obviamente somos fonte de vídeos e depoimentos), o que levantou uma discussão sobre parto e sujeira, coisa que obviamente não faz parte do "pacote do parto em que acreditamos".
Mas no fim, o vídeo ficou bonito e uma das nossas ativistas explicou bem o sentimento final sobre o tema.



Acho que a palavra SUJA está super bem enquadrada. Criança nasce suja. Suja de sangue, mecônio, líquido, às vezes fezes.
Eu acho que a marca OMO está tentando desvincular a palavra suja com a palavra contaminada. Até a gente quando ouve a palavra suja vem logo uma coisa maléfica. E sujeira não mata. Sujeira faz parte da vida. Sujeira é super do bem.

Tudo bem, choca o senso comum. Choca a mãe de classe média que passa gel  antisséptico na mão dos filhos de instante em instante quando eles vão pra parquinhos cobertos de EVA. Mas vejam, quando eu era criança, a gente tomava o banho do final da tarde no quintal com mangueira de tão imundos que ficávamos. E era normal pra maioria das mães verem os filhos brincarem na lama, na terra, na grama, na poeira. Quem aqui com menos de quarenta anos brincou no meio da rua???

Acho que estão tentando encontrar um meio-termo entre essa criança largada descalça colocando toda porcaria na boca, cheia de vermes até a alma e essa criança que nunca pisa no chão, nunca vai pra parquinho com areia, grama e cocô de cachorro.

Eu acho que a infância é a época da sujeira mesmo. De se ter verminose, pereba, piolho, larva migra e molusco. E muita terra embaixo das unhas. É a época de pegar calango, lagarta e sapo com as mãos.

Eu gosto dessa campanha do OMO que diz às mães urbanas: Deixem seus filhos ficarem SUJOS. Depois lava! Sujeira não é esse pecado todo que a modernidade tentou fazer vocês acreditarem. Sujeira não MATA! Sujeira é algo inerente ao ser humano. Criança nasce suja.

Troca a palavra suja por sujinha e a conotação muda completamente! Suja é algo pecaminoso. Sujinha é inocente. Mas criança nasce SUJA mesmo. Vive suja. Sujeira tem jeito. Medo de viver não! E eu A-DO-RO essa mensagem.

Socorro Moreira

1 comentários:

Paula ZZT disse...

aff, claro que eu estava super por fora e a Super Pata me mandou o blog. Ai de cara vejo esse post da minha outra super inspiração. Socorro, eu ainda não vi essa campanha, mas eu A-DO-RO é vc!! Bjoks
Paula