18 de novembro de 2009

Pela reabertura da Casa de Parto de Juiz de Fora.

"Nós, defensores do parto humanizado da cidade de Juiz de Fora e do movimento pela "Reabertura da Casa de Parto de Juiz de Fora (3ª do Brasil)" que completou 01 ano e 03 meses de fechamento, vimos através deste manifestar nosso total apoio a este Encontro - "Movimento Internacional pelo parto normal" e enfatizar a sua importância para o momento na qual estamos vivendo.



Juiz de Fora (MG) recebeu, em novembro de 2007, inúmeras pessoas comprometidas com uma melhor assistência ao parto e ao nascimento. Representantes de movimentos sociais, de diferentes esferas do governo, de associações profissionais, conselho tutelar da criança e do adolescente, movimento feminista de mulheres, participaram do Encontro Nacional pela Humanização do Parto e Nascimento e que terminou sendo referendado como o 17ª edição do Encontro Nacional de Gestação e Parto Natural Conscientes, organizado todos os anos pelo Instituto de Yoga e Terapias Aurora no Rio de Janeiro.


Em apenas dois dias, acumularam-se informações e relatos emocionantes que renovaram as forças de todos que acreditam que é possível nascer de forma digna e respeitosa.


Reiteramos a necessidade de uma política pública que VALORIZE a atuação das Enfermeiras Obstetras na Assistência ao Parto no Brasil, seja em maternidades, em Centros de Parto Normal e Casa de Parto.


Lutamos em total consonância com as campanhas do Ministério da Saúde em prol do parto natural, uma vez que se busca diminuir o índice de cesarianas para 15%, incluindo hospitais públicos e particulares, conforme recomenda a Organização Mundial de Saúde (OMS). Defendemos o "Direito de Escolha" como a autonomia e a liberdade da mulher/casal para tomar as melhores decisões. O direito de decidir como e onde parir - no hospital, em casa de parto, em domicílio, de cócoras, de joelho, de pé, de lado etc. -, com quem parir - parteira, obstetra, acompanhada do marido, da mãe, da doula etc. - e que procedimentos deseja para si e para seu neném.


A única Casa de Parto de Juiz de Fora foi FECHADA. Mas a nossa luta vai continuar!
Queremos a sua Reabertura e mais Casas de Parto no Brasil! "


Profª Drª Betânia Maria Fernandes- docente da FACENF/UFJF
Enfermeira Obstetra

0 comentários: